A Fitch confirma a classificação de crédito do emissor MAPFRE em "A-", com uma perspetiva estável. Ratifica ainda a classificação "BBB+" nas suas obrigações simples com vencimento em 2026, e nas suas obrigações subordinadas com vencimento em 2047 e 2048, em "BBB-".

De acordo com a agência, estas notações refletem "o seu perfil empresarial muito sólido", bem como a sua capitalização e alavancagem, e os seus fortes ganhos. "Estes fatores são em certa medida compensados por uma exposição significativa à dívida soberana espanhola, que é utilizada para fazer face a responsabilidades domésticas de seguros de vida em Espanha", afirmou.

A Fitch valoriza a posição de mercado "muito forte" do grupo MAPFRE em Espanha e na América Latina, particularmente no Brasil. Também considera a MAPFRE bem capitalizada, com uma alavancagem financeira que se mantém estável em 24% no final da primeira metade de 2021.

A agência considera ainda os resultados financeiros da MAPFRE como suscetíveis aos desafios derivados da crise provocada pelo coronavírus, tais como uma maior experiência com sinistros, menor crescimento dos prémios e volatilidade da moeda, particularmente na América Latina a curto prazo. No entanto, considera que o impacto global do coronavírus seja viável para o grupo, "devido à sua forte posição de capital". Para além disso, espera que a sua rentabilidade técnica se mantenha forte.


Recentemente, a S&P destacou a MAPFRE pelo seu forte modelo de negócio e posição financeira.

Arquivado em:

310x158

Relacionado

Standard & Poor’s destaca forte modelo de negócio e posição financeira da MAPFRE

403_Rating_grande.png

Relacionado

Standard & Poor´s confirma ratings da MAPFRE

630_rating_topo.jpg

Relacionado

Standard & Poor’s mantém rating da MAPFRE, com perspetiva estável

486_Rating_topo2.jpg

Relacionado

Fitch eleva para A o rating de solidez financeira seguradora da MAPFRE