A unidade de resseguro de MAPFRE reforça a sua capacidade operativa 

O conselho de administração da MAPFRE RE chegou ao acordo para a ampliação do capital em 250 milhões de euros. A operação tem como objetivo reforçar o balanço da MAPFRE RE, a fim de oferecer maior capacidade de resseguro aos clientes no mercado e maior flexibilidade para estruturar as suas próprias coberturas de proteção, otimizando também o seu risco de subscrição.

A ampliação dos fundos realizar-se-á com recursos internos da MAPFRE, procedentes de excedentes derivados das recentes saídas de acordos com instituições bancárias. Com este movimento, a MAPFRE melhora a alocação de capital do Grupo, permitindo crescer as unidades com maior potencial, como é o caso do mercado de resseguros, o que se traduzirá em maior rentabilidade.

Segundo Eduardo Pérez de Lema, CEO da MAPFRE RE, "vamos ter mais capacidade de cobertura para os nossos clientes num momento em que se requer a presença de operadores solventes e com vocação de serviço a longo prazo. Com isto, conseguiremos crescer num momento de melhoria das condições técnicas neste mercado, mantendo a nossa tradicional gestão prudente do negócio".

Veja em detalhe as declarações do CEO da MAPFRE RE sobre a ampliação de capital:

 

 


A MAPFRE RE é uma resseguradora global e o ressegurador profissional do Grupo MAPFRE. Oferece serviços e capacidade de resseguro dando todo o tipo de soluções de resseguro, no Ramo Vida e Não Vida. Em 2021 obteve prémios no valor de 6.275 milhões de euros, com um resultado neto de 152 milhões de euros.